Journal Information
Vol. 42. Issue S2.
Pages 38 (November 2020)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 42. Issue S2.
Pages 38 (November 2020)
61
DOI: 10.1016/j.htct.2020.10.062
Open Access
AVALIAÇÃO DO PERFIL HEMATOLÓGICO DE TALASSEMIA ALFA E BETA E CORRELAÇÃO COM A INCIDÊNCIA E PREVALÊNCIA NA REGIÃO DA CIDADE DE ASSIS, ESTADO DE SÃO PAULO
Visits
...
J.A.R. Fracassoa, L.F.M. Silvaa, G.O. Paesb, M.J. Malagutti-Ferreirac, J.T. Ribeiro-Paesd, R.A.C. Bittencourta
a Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Paulista (UNIP), Assis, SP, Brasil
b Instituto de Ciências Exatas, Universidade Paulista (UNIP), Assis, SP, Brasil
c Departamento de Biotecnologia, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), Assis, SP, Brasil
d Departamento de Genética, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP), Universidade de São Paulo (USP), Ribeirão Preto, SP, Brasil
Article information
Full Text

As talassemias sao um grupo de anomalias hereditarias e dividem-se em dois subtipos: alfa talassemia (Tal-α) é produto da diminuição ou ausencia da sintese da cadeia de alfa globina, codificada por quatro genes distintos (dois genes em cada copia do cromossomo 16); e beta talassemia (Tal-β) resulta da diminuicao ou ausencia da sintese da cadeia de beta globina, sendo que esta e codificada por dois genes distintos (um gene em cada copia do cromossomo 11). Dessa maneira, o presente trabalho objetivou realizar um levantamento de dados que demonstrem a incidência e prevalência grupo de talassemias na região de Assis/SP na atualidade. Nesse sentido, foi realizado o levantamento da incidência de talassemia alfa e beta nos últimos 10 anos (2009/2019), bem como a verificação da prevalência dos casos, sexo, idade e análise de eletroforese da hemoglobina, por meio da análise dos prontuários dos pacientes que apresentam Tal-α ou Tal-β que foram tratados em uma clínica de Hematologia de referência na cidade de Assis. Cabe salientar que a análise de dados se deu através do software Prisma 5.0, bem como que a amostragem inicial foi nt= 2.616 e a final de nα =40 para α-tal e nβ= 15 para β-tal. Desse modo, nota-se que 97,9% dos prontuários foram negativos para Tal α e β e 2,1% positivos, sendo a média (M) de 6,11 pessoas ao ano com desvio padrão (DP)=3,62. Dos casos positivos, o sexo feminino apresenta um total de 63,64% de α e β, enquanto o sexo masculino 36,36%. Tal-α apresenta um total de 72,73% dos casos, tendo M=4,44 pessoas/ano com DP=3,50. Já tal-β apresenta total de 27,27%, com M= 1,66 pessoas/ano com DP=2. Analisando o total de casos positivos a variância apresenta uma dispersão relativamente alta, sendo V=13,11. Tal-α também possui uma alta dispersão V=12,27 e Tal-β apresenta uma dispersão relativamente baixa, sendo V=4. Analisando os casos de Tal-α e β em função da idade, Tal-α atinge pessoas com idade superior a 42 anos, sendo que dos 40 casos com Tal-α, 35% possuem idades entre 45 e 62 anos e 47,5% entre 63 e 83 anos. Tal-β atinge mais pessoas com idade superior a 21 anos, sendo que dos 15 casos, 33,33% entre 21 e 41 anos e 26,67% entre 42 e 83 anos. A eletroforese da hemoglobina, mostrou que cadeias alfas e betas apresentam alto índice entre 1,0-2,0kD para Tal-α, sendo 67,5% dos 40 confirmados. Igualmente, das 15 confirmações de Tal-β, tendo seu maior índice entre 2,1-3,1kD, sendo de 46,67% e 5,4 e 6,4kD, ambos com 13,33%. A cidade da região analisada que apresentou mais casos positivos para Tal-α e β foi a cidade de Assis com 61,82% dos casos, sendo 72,50% para α e 33,33% para β. A cidade de Platina foi a que apresentou o menor número de casos com 1,82% de Tal-α e β, sendo que tal-β não houve nenhum caso e Tal-α apresentou 2,5%. A expressividade de Tal-α é superior à Tal-β. De igual maneira, a cidade de Assis possuiu maior incidência comparada às outras cinco cidades da região, sendo o sexo feminino predominante na taxa de expressividade. Finalmente, o diagnóstico por eletroforese da hemoglobina, mostrou-se de extrema importância, vez que para Tal-α apresentou alto índice entre 1-2 kd e para Tal-β entre 2,1-3,0 kd. Em síntese, a perspectiva desse resumo é projetar a incidência futura em bases estatísticas da doença na região de Assis. Palavras-chave: Anemia; Talassemia; Talassemia alfa; Talassemia Beta; Hematologia; Incidência; Prevalência.

Idiomas
Hematology, Transfusion and Cell Therapy

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools