Journal Information
Vol. 42. Issue S2.
Pages 530-531 (November 2020)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 42. Issue S2.
Pages 530-531 (November 2020)
893
DOI: 10.1016/j.htct.2020.10.895
Open Access
DÍMERO-D COMO IMPORTANTE MARCADOR PARA ESTRATIFICAR A GRAVIDADE DA INFECÇÃO PELO NOVO CORONAVÍRUS: REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA
Visits
...
L.C. Brunoa, J.A.H. Soaresa, E.S.D.S. Lelisa, R.M. Martinsa, T.O. Pintoa, I.P. Silvab, K.C. Alencara, M.E.S.O. Araújoa, C.G. Nunesa, P.G.L. Gonçalvesa
a Centro Universitário Uninovafapi, Teresina PI, Brasil
b Universidade Federal do Piauí (UFPI), Teresina, PI, Brasil
Article information
Full Text

Objetivos: Analisar as evidências disponíveis na literatura científica acerca do valor do Dímero-D como um importante marcador para estratificar a gravidade da infecção pelo novo coronavírus. Esse trabalho se justifica por sistematizar as contribuições literárias a fim de gerar novos resultados e ampliar a abordagem científica sobre o valor prognóstico do Dímero-D no contexto da infecção de COVID-19. Material e métodos: Foi feita uma revisão bibliográfica do tipo sistemática com acesso nas bases de dados LILACS, MEDLINE e ScientDirect, no ano de 2020, com o uso dos descritores “Dimer D”, “Dímero-D”, “COVID-19”, “SARS-CoV-2”, “coronavírus”. A busca totalizou 27 artigos para a análise e seleção. Os critérios de inclusão dos estudos foram: artigos em texto completo, nos idiomas português, inglês e espanhol, publicados em 2020, que abordassem a temática pretendida. Foram excluídos pesquisas monográficas, artigos incompletos e artigos que não forneceram dados específicos sobre a metodologia adotada. Resultados: Foram selecionados 16 artigos completos, publicados no ano de 2020. Desses, o idioma predominante foi o inglês. Todas as produções selecionadas evidenciaram que o aumento de Dímero-D tem relação com os quadros mais graves da COVID-19, correlacionando-se com a coagulação intravascular disseminada - a qual elevou o índice de mortalidade nos grupos analisados pelos estudos. Ademais, foi apontado que valores de Dímero-D em pacientes com infecção grave pelo novo coronavírus foram mais altos do que aqueles em pacientes com formas mais leves da doença. Discussão: Entre as abordagens científicas, um estudo destacou que níveis séricos maiores que 500 mg/dL do Dímero-D é uma variável que se associa diretamente ao mau prognóstico. Já em outro, o Dímero-D, na admissão, superior a 2,0 μg/mL poderia efetivamente prever a mortalidade hospitalar em pacientes com COVID-19. Indicando, portanto, que o exame poderia ser um marcador precoce e útil para melhorar o manejo de pacientes infectados pelo vírus SARS-Cov-2. Nos estudos analisados não há dados claros, nem consenso sobre o período de tempo ideal para a mensuração do Dímero-D. O nível de Dímero-D não mostram valor diagnóstico, embora indiquem a severidade da infecção. Conclusão: A infecção causada pelo novo coronavírus pode ter complicações graves e o nível de Dímero-D pode ser um preditor da severidade delas, conferindo mau prognóstico com valores elevados. Outrossim, após revisão sistemática da literatura publicada, no contexto atual, as evidências que corroboram com esta associação são de baixa qualidade e relativamente escassas. Desse modo, este trabalho também alerta para a necessidade de estudos de maior especificidade.

Idiomas
Hematology, Transfusion and Cell Therapy

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools