Compartilhar
Informação da revista
Vol. 43. Núm. S1.
Páginas S539-S540 (Outubro 2021)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 43. Núm. S1.
Páginas S539-S540 (Outubro 2021)
Open Access
ASSOCIAÇÃO ENTRE COVID-19 E PÚRPURA TROMBOCITOPÊNICA TROMBÓTICA - RELATO DE CASO
Visitas
...
IB Silva, MZ Ribas, LEBM Zubko, LW Gortz, B Stefanello
Complexo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Curitiba, PR, Brasil
Informação do artigo

A Púrpura Trombocitopênica Trombótica (PTT) é uma microangiopatia trombótica difusa causada por uma deficiência adquirida da enzima ADAMTS13. Dentre seus desencadeantes encontram-se os vírus, como, mais recentemente descrito, o Sars-CoV-2. Este relato tem como objetivo evidenciar a associação entre estas duas condições. Tratou-se de uma paciente do sexo feminino, com 33 anos, internada por PTT e com exame de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) positivo para COVID-19. A paciente apresentou anemia hemolítica microangiopática (hemoglobina 5,3 g/dL; VCM 104 fl, esquizócitos em sangue periférico), trombocitopenia grave (5.000/mm3 plaquetas) e envolvimentos neurológico e cardíaco, característicos de PTT. Seu escore PLASMIC foi 6, realizado pela impossibilidade de exames envolvendo a ADAMTS13, sugerindo alta probabilidade de deficiência grave da enzima. Diante disso, a paciente foi tratada com a recomendação terapêutica padrão, iniciando troca plasmática e corticoterapia, com evolução favorável e déficits mínimos. Este é o quarto caso descrito recentemente na literatura que propõe essa associação. Todos os relatos descreveram pacientes do sexo feminino, todavia, apenas neste tratou-se de uma adulta jovem. Ainda, todos preencheram os critérios diagnósticos de PTT, contudo, com relação à COVID19, apenas este relato e um dos mencionados tiveram PCR positiva, enquanto nos outros apenas a sorologia mostrou-se reagente. Concluiu-se que há significativa probabilidade da associação PTT-COVID19, possivelmente devido ao estado inflamatório e hipercoagulatório ocasionado pelo Sars-CoV-2, corroborando com evidências recentes. Além disso, pressupõe-se que a COVID-19 possa prolongar a duração do tratamento da PTT, como descrito em outro caso.

O texto completo está disponível em PDF
Idiomas
Hematology, Transfusion and Cell Therapy

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas