Journal Information
Vol. 42. Issue S2.
Pages 254-255 (November 2020)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 42. Issue S2.
Pages 254-255 (November 2020)
425
Open Access
DERRAME PLEURAL MIELOMATOSO: RELATO DE CASO E REVISÃO LITERÁRIA
Visits
...
M.P.M. Soares, M.O. Santos, M.M. Reid, L.A.M. Oliveira, T.Z. Barrese
Grupo Fleury, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: O mieloma múltiplo é uma neoplasia hematológica caracterizada pela proliferação clonal de plasmócitos na medula óssea. Por contiguidade, disseminação linfática ou hematogênica outros sítios podem ser infiltrados. O acometimento extramedular é incomum ao diagnóstico (6%), com elevação (15 – 30%) ao longo da evolução da doença. A infiltração pleural é responsável pelo derrame pleural mielomatoso, uma entidade rara (<1%) que se associa a menor sobrevida. O derrame pleural no paciente com mieloma múltiplo decorre principalmente de complicações infecciosas (parapneumônico), insuficiência cardíaca, insuficiência renal e amiloidose. Embora raro, o derrame pleural mielomatoso também deve ser considerado e, assim, é sugerida a realização de toracocentese diagnóstica com avaliação citológica do líquido pleural e/ou anatomopatológico de biópsia pleural na sua investigação etiológica. A avaliação citomorfológica do líquido pleural mielomatoso permite evidenciar a presença de células plasmáticas neoplásicas. No entanto, a pequena quantidade de plasmócitos no material e a potencial degeneração in vitro podem dificultar o diagnóstico. Neste trabalho relataremos o raro diagnóstico de derrame pleural mielomatoso em paciente já conhecidamente com mieloma múltiplo e revisaremos critérios diagnósticos e características citomorfológicas das células plasmáticas. Objetivo: Relato de caso de derrame pleural mielomatoso, revisão de critérios diagnósticos e características citomorfológicas deste raro acometimento extramedular pelo mieloma múltiplo. Material e métodos: Abusca por artigos científicos foi realizada nas bases de dados Pubmed e portal CAPES. O trabalho foi desenvolvido no período de janeiro à outubro do ano de 2020, constando as seguintes etapas: levantamento do material bibliográfico, leitura crítica, discussão do material e definição dos eixos temáticos e redação do texto. Resultados: Os achados do diferencial citológico eram de caráter neoplásico, demonstrando células com cromatina nuclear imatura, difusa e em “blocos”, células multinucleadas e presença de nucléolo, aumento da relação núcleo/citoplasma, basofilia citoplasmática e aparecimento de figuras mitóticas. Após análise citopatológica, foi definido que as células descritas anteriormente eram compatíveis com plasmócitos displásicos, evidenciando infiltração pleural. Discussão: O mieloma múltiplo é uma neoplasia hematológica de células B caracterizada pela proliferação clonal de células plasmáticas na medula óssea, que posteriormente pode acometer tecidos ósseos, um exemplo, o tórax. Os plasmócitos neoplásicos produzem proteínas plasmáticas (imunoglobulinas) anômalas definidas como paraproteínas. Nota-se na literatura científica que o acometimento de derrame pleural com caráter mielomatoso é um diagnóstico raro no mieloma múltiplo, de características não esclarecidas, e o atraso no diagnóstico pode acarretar sérias complicações e culminar com a morte do paciente.

Palavras-chave: Mieloma Múltiplo; Derrame pleural; Citologia; Derrame pleural mielomatoso.

Idiomas
Hematology, Transfusion and Cell Therapy

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools