Journal Information
Vol. 42. Issue S2.
Pages 501 (November 2020)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 42. Issue S2.
Pages 501 (November 2020)
844
DOI: 10.1016/j.htct.2020.10.846
Open Access
VIVÊNCIAS DE ACADÊMICOS DE MEDICINA DURANTE ESTÁGIO EXTRACURRICULAR EM TEMPOS DE PANDEMIA DO COVID-19
Visits
...
V.F. Bezerra, L.G. Albuquerque, G.B. Lima, D.Z.F. Alencar, L.S. Barros, E.R.M. Gurgel, F.M. Arruda, E.R. Lima, A.V.A. Araujo, F.W.R.D. Santos
Universidade de Fortaleza (Unifor), Fortaleza, CE, Brasil
Article information
Full Text

Objetivos: Descrever as experiências de acadêmicos de Medicina e suas implicações na formação do profissional de saúde durante a realização do estágio em tempos de pandemia do Covid-19. Material e métodos: Estudo descritivo com abordagem qualitativa do tipo relato de experiência sobre o estágio realizado por sete estudantes de Medicina, integrantes da Liga Acadêmica do Sangue (LISAN) da Universidade de Fortaleza, no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (HEMOCE), durante o período de dezembro de 2019 a agosto de 2020. Resultados e discussão: Na tentativa de sistematização dos saberes os integrantes da LISAN iniciaram o estágio extracurricular no HEMOCE, realizando acompanhamento de consultas, atividades laboratoriais e promoção de ações sociais. No entanto, diante da pandemia, as práticas presenciais foram suspensas, constituindo um desafio para a permanência do estágio. Houve, dessa forma, a mobilização dos acadêmicos para que houvesse a continuidade do cuidado ao paciente e aos seus familiares. Dentre as ações desenvolvidas foi elaborado um curso on-line, no qual profissionais da área médica ministraram aulas com temas relevantes na área de Hematologia e Hemoterapia, facilitando o acesso à informação e desmistificando conceitos de modo didático. Ademais, foi possível complementar, por meio das aulas teóricas, as vivências das práticas ambulatoriais, relacionando-as com casos vistos em pacientes e aplicando-as na construção de um raciocínio clínico para a formação médica. Também foram realizadas mesas redondas virtuais, visando à promoção da educação em saúde. Conclusão: As adaptações ocorridas para o prosseguimento do estágio na pandemia permitiram contribuir e ampliar a divulgação de conteúdo de qualidade sobre Hematologia e Hemoterapia entre a população. Também foram oportunidades moduladoras da perspectiva do profissional de saúde em formação, já que possibilitaram aprendizados a respeito da continuidade do cuidado, proporcionando uma nova leitura do processo de saúde-doença do paciente. Ademais, a Liga conseguiu contribuir para a divulgação das ações promovidas pelo HEMOCE, permitindo aumentar doações de sangue e cadastros para a doação de medula óssea, atos de solidariedade que transformam vidas e promovem humanização.

Idiomas
Hematology, Transfusion and Cell Therapy

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools