Journal Information
Vol. 42. Issue S2.
Pages 245 (November 2020)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 42. Issue S2.
Pages 245 (November 2020)
409
DOI: 10.1016/j.htct.2020.10.411
Open Access
TRANSFORMAÇÃO PARA LINFOMA DE GRANDES CÉLULAS EM SÍNDROME DE SÉZARY PÓS LONGO TEMPO DE EVOLUÇÃO: RELATO DE CASO
Visits
...
D. Escórcio-Tavaresa, R.F.P. Mendesa, F.S.B. Ferreiraa, C.C. Sartóriob, S.D.P.A.F. Samapiob, M.H.S. Durãesb, F.D. Xaviera,b
a Hospital Sírio-Libanês, Brasília, DF, Brasil
b Universidade de Brasília (UnB), Brasília, DF, Brasil
Article information
Full Text

Objetivo: Descrever caso de micose fungóide/síndrome de Sézary, naive de tratamento, com transformação para linfoma de grandes células em linfonodo após longa evolução. Materiais e métodos (relato de caso): Masculino, 67 anos, com quadro de eritema e prurido cutâneo difuso há quase 10 anos e piora nos últimos 2 anos. Realizou investigação inicial em outro serviço, com biópsia de pele mostrando infiltrado linfocitário e epidermotropismo, sugestiva de micose fungóide, e PET-TC sem acometimento nodal, sendo optado por conduta expectante. Em nossa primeira avaliação, observado eritrodermia difusa e presença de linfonodomegalias de até 2 cm em cadeias axilares, cervicais e inguinais bilateralmente, além de linfonodomegalia supraclavicular direita com cerca de 1cm. Hemograma: Hb 14g/dL; Leucócitos 39.700/mm3; segmentados 2.770/mm3; eosinófilos 6.352/mm3; linfócitos 30.172/mm3; plaquetas 181.000/mm3. Sorologias negativas para HIV, HTLV e hepatites B e C. DHL 759U/L (VR 120-246) e beta-2 microglobulina 2,85 mcg/mL (VR 1,09-2,53). Novo PET-CT evidenciou linfonodos cervicais bilaterais acometendo todos os níveis, medindo até 1,6 x 1,2 cm (SUV= 8,0), axilares bilaterais, medindo até 3,7 x 1,8 cm (SUV= 7,8) e inguinais bilaterais, medindo até 3,5 x 1,8 cm (SUV = 7,2). Imunofenotipagem de sangue periférico revelou contagem absoluta de 28.614/mm3 linfócitos T monoclonais (97,78%) com expressão de CD2, CD3, CD5, CD25, CD45(forte), CD45RO, CD197, TRBCa/b e TCRVβ 2 (TRBV201) clonal, sem expressão de CD7, CD26 e HLA-DR. Biópsia de linfonodo inguinal direito revelou infiltração por linfócitos com núcleo de tamanho médio a grande, alguns vesiculosos e com nucléolo evidente, dispostos em arranjo difuso, consistente com linfoma de alto grau, positivos para CD3, CD30 (5%), CD2, CD4, PD1 e GATA-3; com Ki-67 70% e EBV negativo. A pesquisa de clonalidade T por eletroforese capilar demonstrou o mesmo clone (fragmento de 176pb e 246pb) na análise de sangue periférico e de biópsia do linfonodo. Discussão: Transformação para linfoma de grandes células em micose fungoide (MF) e síndrome de Sezary (SS) pode acontecer em até 10-25% dos casos conforme estádio na apresentação e é um fator de prognóstico reservado, como neste caso, bem como o aumento de DHL e B2-microglobulina. A mediana de tempo para transformação varia na literatura de 1 a 6,5 anos e a mediana de sobrevida global é 19 meses. Foi proposto tratamento com brentuximab vedotin, ciclofosfamida, doxorrubicina e prednisona seguido de avaliação para transplante alogênico de medula. Não foi possível a realização de fotoaférese extracorpórea. Conclusão: Apesar da transformação para linfoma de grandes células ocorrer em até 25% dos pacientes na evolução da MF/SS, é raro encontrá-la no paciente ainda não tratado. Este caso demonstra a história natural da doença. Deve-se suspeitar de transformação frente ao surgimento de linfonodos com elevada captação no 18F-FDG PET-TC, a qual deve ser confirmada com biópsia e se possível com pesquisa de clonalidade T. A transformação impacta no prognóstico e na escolha do tratamento. Potencial conflito de interesse: A autora n° 4 atua como speaker para a Takeda - indústria farmacêutica. O presente trabalho não foi financiado pela indústria. Os demais membros do trabalho não tem conflito de interesses a declarar.

Idiomas
Hematology, Transfusion and Cell Therapy

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools